Newsletter
Receber newsletters
Camel Trophy Portugal
por email

Wallpapers



Discovery 300Tdi

Votos de utilizador:  / 4
FracoBom 
Após o sucesso do Discovery em edições anteriores, na edição de 1995 - Mundo Maya voltou a ser utilizado este modelo pelas equipas em prova. No entanto, é estreado um novo motor, cuja produção foi iniciada em 1994: 300Tdi.

Em resposta à legislação Europeia sobre emissões de gases de veículos Diesel (Euro I), a Land Rover foi forçada a alterar os motores utilizados nas diferentes gamas de veículos. Assim, nasceu o 300Tdi que era visualmente semelhante ao modelo anterior utilizado nos Discovery e Range Rover, mas foi alvo de 208 alterações internas. Um dos objectivos deste motor foi mantê-lo compatível com toda a gama de veículos Land Rover em comercialização, sem necessidade de qualquer alteração; assim, o Defender, o Discovery e o Range Rover partilharam o mesmo motor.

O 300Tdi era mais suave e silencioso que o 200Tdi, devido à utilização de uma cobertura acústica e à substituição de várias correias por apenas uma. No entanto, acabou por não ser mais económico que o modelo anterior. Mesmo assim, manteve-se em utilização durante vários anos, permitindo utilizar o Discovery 300Tdi em 3 edições: 1995 - Mundo Maya, 1996 - Kalimantan e 1997 - Mongolia.

Motor Land Rover 300Tdi

Motor Land Rover 300Tdi

A decoração Camel Trophy dos Discovery 300Tdi das equipas seguiu as mesmas bases das edições anteriores, com ligeiras alterações em cada edição.

Os Discovery da edição de 1996 - Kalimantan possuiam um friso de plástico na lateral, ligando as abas das rodas frontais às traseiras. Na edição de 1997 - Mongolia, os Discovery também possuiam este friso de plástico, mas foi colocada uma decoração autocolante, a ocupar toda a lateral inferior do Discovery, representando montanhas, em 2 tons de azul e em branco, com a inscrição “Mongolia ‘97”. Nesta edição, foram ainda colocados diversos autocolantes dos patrocinadores desta edição: Sony; Shell; Lee Cougan; Perception.

No capô, foi aplicada uma pintura em preto mate, para reduzir o encadeamento do condutor e passageiro, devido à reflexão da luz solar.

No interior, a protecção de todo o habitáculo era garantida por um rollbar. No exterior, a grade de tejadilho, suportada pelo rollbar interno, garantia o transporte em segurança de todos os acessórios, ferramentas e equipamento das equipas. No total, 6 luzes suplementares (4 na grade de tejadilho, com 2 de cada lado da placa Camel Trophy + 2 na protecção frontal) garantiam a máxima visibilidade durante o percurso. Foram instalados 3 ganchos de reboque Dixon-Bate, 2 deles no pára-choques dianteiro e outro na traseira da viatura. As barras de direcção e o depósito de combustível foram resguardados de eventuais danos por placas de protecção. Um guincho elétrico Superwinch, na frente dos veículos, garantia a sua recuperação em caso de atolamento.

Nas várias edições, foi adicionada na base do capô dos Discovery uma placa de identificação com o código atribuído a cada equipa participante:

1995 - Mundo Maya
MM41 - Bélgica - Steve Wittevrongel / Serge Bruynkens
MM42 - Ilhas Canárias - Miguel Woolmington / Tomas Lorenzo
MM43 - República Checa - Zdenek Nemec / Marek Rocejdl
MM44 - França - Gerard Champoiral / Lionel Lattard
MM45 - Alemanha - Christorph Wieland / Jurgen Hellgeth
MM46 - Grécia - Evangelos Psychas / George Tzavelas
MM47 - Holanda - Erik-Jan de Rooij / Johan Warmerdam
MM48 - Hungria - Jozsef Nageyb / Peter Bakos
MM49 - Israel - Yariv Yaari / Haim Hadar
MM50 - Itália - Stefano Bionconi / Matteo Pellin
MM51 - Japão - Katsumi Murayama / Atsushi Sato
MM52 - Polónia - Wojciech Stanowiak / Marek Klar
MM53 - Rússia - Pavel Bogomolow / Sergei Fenev
MM54 - Escandinávia - Jorn Hauge / Niels Kokborg
MM55 - África do Sul - Marc Pincente / Paul Leslie-Smith
MM56 - Espanha - Belen Sanchez / Lluis Moret
MM57 - Suíça - Manuela Catalini / Christian Gremaud
MM58 - Turquia - Fatih Koseoglu / Orhun Ege Koyagasi
MM59 - Reino Unido - Mike Oxley / Rob Conner
MM60 - E.U.A. - Daphne Green / Jim Swett

1996 - Kalimantan
CT24 - Bélgica - Deirdre Morael / Wim de Vocht
CT25 - Ilhas Canárias - Adolfo Suanzes / Belen de la Fuente
CT26 - República Checa - Zdenek Tomasek / Jakub Havel
CT27 - Dinamarca/Noruega - Bjorn Jacques / Henrik Jorgensen
CT28 - Finlândia/Suécia - Pontus Hellgren / Ato Ihamaki
CT29 - França - Denis Rosand / Yves Truelle
CT30 - Alemanha - Christine Hofer / Eberhard Stettner
CT31 - Grécia - Miltos Farmakis / Nikos Solirchos
CT32 - Holanda - Carolien Stelma / Alex van Delft
CT33 - Itália - Giampaolo Giusti / Cristian Bertolani
CT34 - Japão - Tomotaka Miyata / Minoru Omae
CT35 - Marrocos - Samir Berrada / Yorel Levy
CT36 - Polónia - Jarek Kazberuk / Michal Kielbasinski
CT37 - Rússia - Dmitriy Surin / Alexei Svirkov
CT38 - África do Sul - Samuel de Beer / Pieter du Plessis
CT39 - Espanha - Antonio Canete / Ricardo Quiros
CT40 - Suíça - Olivier Soltermann / Andrea Burkhardt
CT41 - Turquia - Selim Kemahli / Ali Nasuh Mahruki
CT42 - Reino Unido - William Tapley / John Leach
CT43 - E.U.A. - Ken Cameron / Fred Hoess
 
1997 - Mongolia
CT25 - Áustria - Stefan Auer / Albnecht Thousing
CT26 - Ilhas Canárias - Antonio Esteve / Micael Lofgren
CT27 - República Checa - Petr Stejskal / David Chaloupský
CT28 - França - Jean-Jacques Andr / Philippe Rydin
CT29 - Alemanha - Thomas Bergreider / Caraten Stocker
CT30 - Grécia - Nikos Kostopouios / Mike Argyris
CT31 - Holanda - George Derksen / Aletta van Beeck
CT32 - Itália - Piero Poli / Dennis Dalla Santa
CT33 - Japão - Masuro Sato / Mayumi Ugajin
CT34 - Marrocos - Abdouh el Glaoui / Anouar Debbagh Zrlouil
CT35 - Portugal - Miguel Repas / António Ruas
CT36 - Roménia - Mihai Mares / Cornel Fanel Manu
CT37 - Rússia - Pavel Noulanzine / Vladimir Moisseev
CT38 - Suécia - Rikard Beckman / Marie Hansen
CT39 - África do Sul - Brendon O'Leary / Johan Goosen
CT40 - Espanha - Jean Olive / Ignacio Roviralta
CT41 - Suíça - Matthais Kunz / Alan Durret/Loe Kalbermatten
CT42 - Turquia - Timur Sagiou / Fuat Onoz
CT43 - Reino Unido - Karen McDonald / Trevor Smith
CT44 - E.U.A. - Christopher Vannest / Douglas Mays

Motor
Motor: I4 (300 Tdi)
Combustível: Gasóleo
Disposição: Longitudinal
Cilindrada: 2495 cm3
Diâmetro x Curso: 90.5 x 97.0 mm
Válvulas: 8 Válvulas
Sobrealimentação: Turbo (AlliedSignal T25)
Taxa de Compressão: 19.5
Potência: 113 cv ou 83 kW @ 4000 rpm
Binário: 265 Nm ou 195 lb.ft @ 1800 rpm
Tracção: AWD
Caixa de Velocidades: 5 velocidades Manual
 
Consumos, Emissões e Autonomia
Consumos - Misto: 8.9 L/100km 
Consumos - Extra Urbano: 7.5 L/100km
Consumos - Cidade: 11.3 L/100km
Depósito: 89 L
Autonomia: 1000 Km
Emissões de CO2: 207 g/Km (estimativa)
 
Prestações
Velocidade Máxima: 146 km/h
Aceleração 0 aos 100 km/h: 18.5 s
 
Dimensões, Aerodinâmica e Peso
Num. de Portas: 5
Distância entre Eixos: 254 cm
Comprimento: 448 cm
Largura: 179 cm
Altura: 191 cm
Travões da Frente: Discos
Travões de Trás: Discos
Pneus da Frente: 205R16
Pneus de Trás: 205R16
Peso: 1985 kg
Relação Peso/Potência: 17.5 kg/hp
Mala: 1290-1970 L
 

CT24
Bélgica - Deirdre Morael / Wim de Vocht
 
CT25
Ilhas Canárias - Adolfo Suanzes / Belen de la Fuente
 
CT26
República Checa - Zdenek Tomasek / Jakub Havel
 
CT27
Dinamarca/Noruega - Bjorn Jacques / Henrik Jorgensen
 
CT28
Finlândia/Suécia - Pontus Hellgren / Ato Ihamaki
 
CT29
França - Denis Rosand / Yves Truelle
 
CT30
Alemanha - Christine Hofer / Eberhard Stettner
 
CT31
Grécia - Miltos Farmakis / Nikos Solirchos
 
CT32
Holanda - Carolien Stelma / Alex van Delft
 
CT33
Itália - Giampaolo Giusti / Cristian Bertolani
 
CT34
Japão - Tomotaka Miyata / Minoru Omae
 
CT35
Marrocos - Samir Berrada / Yorel Levy
 
CT36
Polónia - Jarek Kazberuk / Michal Kielbasinski
 
CT37
Rússia - Dmitriy Surin / Alexei Svirkov
 
CT38
África do Sul - Samuel de Beer / Pieter du Plessis
 
CT39
Espanha - Antonio Canete / Ricardo Quiros
 
CT40
Suíça - Olivier Soltermann / Andrea Burkhardt
 
CT41
Turquia - Selim Kemahli / Ali Nasuh Mahruki
 
CT42
Reino Unido - William Tapley / John Leach
 
CT43
E.U.A. - Ken Cameron / Fred Hoess
 

Partilhe este artigo: