Newsletter
Receber newsletters
Camel Trophy Portugal
por email

Wallpapers



Defender 110 CT98 - Paulo Rocha

Votos de utilizador:  / 5
FracoBom 


16 Outubro 2004 - O Projecto Camel regressa à oficina do Toni para montar estribos (rock-sliders). Apesar de não fazerem parte do equipamento original dos Defender Camel, optei por desviar um pouco da originalidade em favor de maior protecção. Nada de grave, porque vi no LRO Show alguns Defender do CTOC (Camel Trophy Owners Club) com estribos.

23 Outubro 2004 - Uma experiência inovadora para o Projecto Camel: "Carro dos Noivos" ... Isto dá para tudo ehehe... O meu primo Nuno e a Mafalda pediram-me para que o Defender Camel os transportasse da Igreja para o Copo-de-água. Experiência fantástica... Imaginem a noiva com o seu longo véu a entrar (leia-se trepar) para o Defender. Haviam de ter visto os olhos dos convidados quando estacionei "o monstro" no adro da Igreja (ihihihi)...

Viatura de casamento - Camel Trophy
24 Outubro 2004 - Depois de tão ilustre e distinta aventura com os meus afilhados (pois é, eu sou padrinho), e temendo que o Projecto Camel ganhasse novos hábitos, fui (sozinho) para a grande duna de Janas (perto de Sintra). Após a descida da duna entrei pelo denso trilho de saída... UPS!... Uma árvore caída à altura do pára-brisas. A coisa estava delicada: à frente a árvore inamovível, atrás a duna com uma subida de 30 metros. Espaço de manobra: 4 metros (!) em areia. Ao fim de 10 segundos de manobras o Defender tentava encontrar caminho até à China via centro do planeta.

Duna Duna Duna
Bom... Ou isto é um Defender Camel, ou não é!... Baixar a pressão dos pneus, optar pela inclinação e distância menores, arranjar um pinheiro "amigo" e, guinchar a "bicha" até lá cima. Era a solução. E assim foi (o 8274 é realmente um guincho muito rápido). Tudo correu bem... Estou mais descansado! o Projecto Camel continua um "selvagem"...

30 Outubro 2004 - O Burundi Expeditions planeou viajar até à Lousã para assistir a uma prova de trial. Tudo correu bem até lá. Mas quando saímos do aeródromo para vermos uma das "especiais" comecei a ouvir um barulho estranho (algo a bater na chapa). Parei o Defender e as pancadas continuavam... Só podia ser algo no compartimento do motor. Desliguei de imediato. Após breve inspecção verifiquei que a correia do alternador/bomba de água, estava a desfazer-se. Estranho!! Ainda há poucos meses havia sido trocada!

Lousã Lousã
Então, a correia desfeita seria a consequência e não a causa. Coloquei o motor a trabalhar e logo se percebeu: o rolamento da bomba de água estava "morto" e provocava uma vibração enorme. Com a vibração a correia saiu da polia e foi-se desfazendo.

Improvisámos um reboque de regresso ao aeródromo da Lousã (base do nosso acampamento). A Mitsubishi Baja do Sales foi a "vítima" que teria de arrastar quase 2,5 toneladas de Projecto Camel durante uns bons kms de curvas, descidas e suuuuubidas! ;-)

31 Outubro 2004 - O Projecto Camel sobe a bordo de um reboque que o traria a Lisboa para reparação. E pensar que na minha garagem repousava uma bomba de água e respectiva correia (ambas a estrear). Sem comentários!

Reboque Toyota Dyna Sofre!!

03 Novembro 2004 - Depois de uma viagem "nas costas" de uma Toyota Dyna o Projecto Camel foi descarregado na oficina do Toni para substituição da bomba de água...