Newsletter
Receber newsletters
Camel Trophy Portugal
por email

Wallpapers



1993 - Sabah-Malaysia

Votos de utilizador:  / 2
FracoBom 
O destino escolhido para a edição de 1993 do Camel Trophy foi o Sabah. Localizado na ponta mais a Norte da 3ª maior ilha do mundo, Bornéu, é o 2º maior estado da Malásia, com uma área de mais de 76 mil km2. Com condições climáticas, topográficas e geológicas únicas, as florestas tropicais do Sabah provaram ser o cenário típico para o evento.
Mapa do percurso
Ao contrário de todas as edições anteriores, a rota escolhida foi circular, circum-navegando todo o estado, iniciando e terminando em Kota Kinabalu, a capital.

Os trilhos repletos de lama atravessaram algumas das mais antigas florestas do mundo, dando aos participantes a oportunidade de conhecer um território espectacular. Montanhas de Sabah     Desabamento de ponte

Um destes territórios foi o “Mundo Perdido” da Bacia de Maliau, no Sudeste do estado. Virtualmente virgem e desabitada, esta “taça” quase perfeitamente circular é guardada por penhascos e escarpas que chegam a atingir 1500 metros de altura.

Muitas vezes encoberto por nuvens e totalmente inacessível por estrada, as equipas lideraram uma expedição a pé até ao interior do “Mundo Perdido”, que provou ser uma aventura histórica para os participantes do Camel Trophy. Acidente de uma das equipas participantes     Atravessamento de ponte reconstruída

Aqui, construíram um centro de pesquisa científica, para a Fundação Sabah, em menos de 24 horas. De seguida, retornaram aos seus veículos, caminhando novamente através dos perigosos penhascos.

A deslocação da caravana  até à última Tarefa Especial foi feita de comboio, através de Tenholm Gorge, resultando num final brilhante do evento. Viagem de comboio


Resumo da edição
Veículos dos participantes: Land Rover Discovery 200Tdi (5 portas)

Veículos de apoio: Land Rover Defender 110 200Tdi

Distância percorrida: 1240km em estrada + 35km em comboio

Equipas:
Áustria - Thomas Beuchel / Anton Gachter
Alemanha - Philipp Naegele / Gerhard Schilling
Bélgica - Luc de Rijck / Guy Ivens
Espanha - Alvaro Bulto / Sergio Valle
E.U.A. - Tim Hensley / Michael Hussey (vencedores Camel Trophy)
França - Paul Gasser / Loup Tournard (Special Task Award)
Grécia - Christos Tsagarakis / Argyris Zamanakis
Holanda - Paul Terpstra / Joost Wildenberg
Ilhas Canárias - Ellis Martin / Francisco Zarate (Team Spirit Award)
Itália - Giovanni Formica / Matteo Ghiazza
Japão - Tomoaki Akabane / Nobutaka Endo
Malásia - Sabiamad Abdul Ahad / Jensen Loh
Polónia - Ernest Daniszewski / Pawel Orkisz
Rússia - Nikolai Shustrov / Yuri Strofilov
Suíça - Markus Graf / Martial Mathieu
Turquia - Hakan Dalokay / Yilmaz Koyuncuoglu




(conteúdo baseado em dados fornecidos por: Camel Trophy Owners Club)

Partilhe este artigo: